Cowboys do Asfalto

Publicidade Agosto

Curiosidades da Semana

O que é uma 5ª roda?

A 5ª roda (foto 1) fabricado em ferro fundido nodular é uma peça individual que é fixada em cima da plataforma traseira do cavalo (foto 2) que engata no pino rei (foto 3).
O pino rei que está localizado na parte frontal da carreta (vide foto 4) é a peça que conecta a 5ª roda, fazendo então a ligação entre o cavalo e a carreta (foto 5,6).

Por que esta peça tem o nome de “5a roda”? Existem duas versões sobre a origem do nome 5ª roda, a mais antiga e a moderna:

Versão mais antiga:

Para que o eixo da roda dianteira da carroça gira-se para os lados, era necessário deslizar sobre alguma superfície forte e lisa. Esta superfície era de ferro e tinha um formato meio redondo, vide as setas nas fotos, indicando o local exato onde fica esta peça. Ora, se a carroça tinha 4 rodas, logicamente esta peça recebeu o nome de 5a roda (em inglês: fifth wheel) justamente pelo seu formato.

Versão mais moderna:

versão moderna...

Anos atrás não havia cavalo mecânico trucado, isto é: 2 eixos na tração. Então, os primeiros cavalos mecânicos eram apenas no toco, isto é: 1 eixo na tração e cada eixo tinha 4 rodas na tração ,duas de cada lado. Esta peça foi colocada em cima da plataforma do cavalo exatamente no meio entre as 4 rodas da tração. Esta peça tinha um formato meio arredondado. Ora, juntando o formato meio-redondo desta peça, mais a soma das 4 rodas da tração, mais a posição intermediaria entre uma tração e outra, logicamente e curiosamente somava ou formava então a: 5ª roda. Veja nesta foto a sequência lógica encontrada na época para dar o nome para a 5ª roda.

5ª Roda Hoje:

Atualmente existem dois tipos de 5ª roda, a quinta roda comum e a 5ª roda inteligente.

5ª Roda comum:

A maior parte da frota brasileira roda com a 5ª roda da marca JOST. Ao completar 12 anos de atuação no mercado brasileiro, a JOST Brasil, com fábrica em Caxias do Sul – RS, acaba de alcançar a marca de 200 mil unidades de quintas-rodas comercializadas. A quinta-roda é o principal produto do portfólio da JOST Brasil, e mundialmente, a JOST também é líder na comercialização deste produto.

O marco de 200 mil unidades comercializadas atesta mais uma vez a credibilidade da marca JOST e também mostra que a maior parte da frota brasileira de cavalos mecânicos e semi-reboques roda com a quinta-roda JOST.

Com o objetivo de fortalecer ainda mais sua presença no País e consolidar a rede de atendimento, a JOST Brasil iniciou em 2006 um trabalho forte no mercado de reposição, disponibilizando uma equipe de assistentes comerciais para atender todas as regiões do país, além de treinar em torno de 450 pessoas, entre distribuidores, vendedores, clientes e profissionais de manutenção de produtos.

A JOST é a marca de preferência junto aos clientes pela segurança que seus produtos conferem ao usuário nas estradas, e também pela qualidade e tecnologia aplicadas, atendendo às exigências de todos os mercados.

Atualmente, a JOST possui 12 fábricas distribuídas pelo mundo, atendendo as principais montadoras de veículos e implementos rodoviários e aos mercados de todos os continentes.

JOST Brasil - Fundada em 1995, é resultado de uma joint-venture entre a Randon S.A Implementos e Participações, líder nacional e uma das maiores da América Latina na fabricação de implementos rodoviários, e a alemã JOST-Werke GmbH, líder mundial em tecnologia de quinta-roda e um dos mais importantes fornecedores de autopeças para a indústria de caminhões, semi-reboques e reboques do mercado internacional.

5ª Roda inteligente:

Autotrava,o mais seguro sistema de engate para caminhões e semi-reboques sem sinal satélite. O aumento dos assaltos a caminhões de carga transformou a estrada em um perigo constante. Pensando nisso, a Randon desenvolveu a Autotrava, um dispositivo de segurança que protege o cavalo-mecânico, o implemento e principalmente o motorista através de um processo inovador: A Autotrava garante a segurança de que todos os envolvidos no transporte rodoviário de cargas (embarcador, destinatário, transportador, motorista) estavam precisando.É a máxima eficiência no combate ao roubo de cargas e de veículos e na proteção contra o uso indevido do cavalo-mecânico ou do semi-reboque.

Veja como funciona a Autotrava

Nos casos de roubo, normalmente o conjunto é desatrelado. A Autotrava atua na quinta-roda impedindo o desengate do cavalo-mecânico do semi-reboque. O motorista necessita solicitar permissão à base através de um telefone para liberar o implemento do cavalo mecânico. O sistema possui um comando eletrônico instalado no cavalo-mecânico que atua com um software da empresa via senha e contra-senha.

O controle do travamento do engate da quinta-roda é realizado na sede da empresa.

O sistema Autotrava é composto pelo kit 5ª Roda Inteligente, pelo comando eletrônico e pelo programa de instalação (RandLock).

A instalação é realizada no cavalo-mecânico, permitindo a trava e destrava da quinta-roda através do comando eletrônico. As senhas de destravamento ficam sob o controle e a responsabilidade do cliente, garantindo a segurança do veículo e do motorista. Processo de destravamento:

Kit 5ª Roda Inteligente

Trava Randon

O Kit 5ª Roda Inteligente é instalado na quinta-roda do cavalo-mecânico, eliminando violações não desejadas. Tudo para você ter o máximo de segurança na estrada.

Comando Eletrônico

Comando Eletrônico

O Comando Eletrônico, fixado no respectivo painel do veiculo, funciona como computador de bordo que permite ao motorista comandar o destravamento da quinta-roda, digitando a senha enviada pela central. A senha é randômica, isto é, diferente a cada solicitação de desengate que ocorrer.

Programa Randlock

Programa Randlock

Máxima eficiência no combate ao roubo de cargas e na proteção contra o uso indevido do cavalo mecânico ou do implemento.

Principais benefícios da Autotrava Randon

  • O mais seguro sistema de travamento da quinta-roda, sem sinal de satélite, testado e disponibilizado pela Randon.
  • O melhor custo x benefício: o cliente faz apenas um investimento inicial pela segurança sem se preocupar com taxas mensais de serviços.
  • O mais rápido processo de desengate da quinta-roda: o desengate é instantâneo, ou seja, sem esperas, zonas de sombra e outros contratempos.
  • Maior controle: a empresa tem o controle da separação do cavalo-mecânico em relação ao semi-reboque.
  • Melhor segurança contra roubo: clientes, donos das cargas e usuários de transportadoras poderão optar por serviços mais seguros.
  • Elimina atos de vandalismo: a Autotrava neutraliza as conseqüências de atos de sabotagens.
  • Confiabilidade na instalação: a instalação do sistema é realizada exclusivamente pela Rede de Distribuidores Randon.
  • Maior segurança ao caminhoneiro: a ação do desengate não depende mais do motorista, o que lhe confere maior proteção.

Orientações do Fabricante

  • Não é recomendado utilizar o processo de solda na quinta-roda. Esse procedimento compromete as características originais do bloco, podendo ocasionar trincas e colocar em risco a segurança do equipamento.
  • Qualquer dano na quinta-roda que estiver relacionado a processos de solda invalida a garantia do produto.
  • Na instalação de um dispositivo de tratamento, não é recomendada avarias mecânicas e estruturais na quinta-roda, pois interfere na garantia do produto.
  • Procure o distribuidor Randon mais próximo, pois é certeza de procedência do produto e a garantia no serviço de instalação.
  • O sigilo de segurança da Autotrava Randon é de responsabilidade do cliente, garantindo maior confiabilidade ao sistema.

Produto exclusivo Randon

A comercialização e instalação da Autotrava são realizadas exclusivamente pela Rede Randon.

Como foi criada a 5ª Roda Inteligente:

Em 1998 na Transportes Dalcoquio foram roubados 22 cavalos mecânicos. Somente 11 foram encontrados meses depois; isto é: 11 cavalos jamais foram encontrados, entre eles Mercedes “1935” e Scania “113”, o mais antigo tinha 4 anos de uso.

Com um prejuízo de mais de 1 um cavalo mecânico por mês, atraso na entrega de cargas, motoristas traumatizados, a sensação de estar refém dos marginais o tempo inteiro, etc... Fez com que Emílio Dalçoquio Neto fosse dormir com estes problemas na cabeça.

Numa certa madrugada de novembro de 1998 (três horas da manhã de sábado), veio através de um sonho (enquanto dormia) a solução.

A solução estava no Gavião da Quinta Roda.
Neste exato momento da madrugada, Emílio começou a desenhar e patentear o projeto que hoje é conhecido como Maxi – Lock (trava máxima)

Durante quatro anos, todos os tipos de testes foram realizados nos cavalos mecânicos da Transportes Dalçoquio Ltda, sempre com o total apoio da empresa RANDON.

Retorno


Patrocinadores

  • Onix Spy
  • DHL
  • Makena
Facebook Blog

Parceiros

  • Beto Carrero
  • Super Carros
  • Revista Caminhoneiro
  • Anjo da Guarda Fest

Seu ponto de vista sobre Trucks, será dividido em duas etapas na sua vida: A.C. e D.C.
Antes da Cowboys e Depois da Cowboys

GrupoW - Softwares para Internet